O principal desafio das Startups

Nos últimos anos, em paralelo ao trabalho à frente de algumas Startups e outras iniciativas que acompanho de perto, tenho procurado estudar bastante sobre o tema através de livros, blogs, podcasts, eventos, etc. Invariavelmente acabo aprendendo conceitos que me ajudam de uma forma ou outra nas empreitadas, desde o aspecto mais técnico até o motivacional.

Apesar disso, creio que poucos desses conceitos são de fato essenciais para se aplicar em uma Startup, principalmente considerando que muitas pessoas que têm vontade de empreender ficam paralizadas pelo receio de não saberem o suficiente.

Há no entanto um ponto fundamental que todo empreendedor deve compreender, que é o conceito que o  Marc Andreessen cunhou como a única coisa que importa em uma Startup: encontrar o Product/Marketing Fit.

Resumidamente, dentro de sua muito bem-sucedida experiência como empreendedor e investidor, Andreessen analisa como os três principais fatores dentro de uma Startup – equipe, produto e mercado – influenciam no sucesso da empresa, e ao contrário do que geralmente se supõe, o mercado tem uma importância muito maior do que os outros dois pontos.

Pessoalmente, tive uma certa resistência e levei bastante tempo para internalizar esse conceito, o que segundo o próprio Andreessen seria natural para a maioria dos empreendedores (e até para investidores), já que a equipe e o produto são os componentes sobre os quais se tem maior controle e conhecimento. Depois de ver de perto sucessivos exemplos de empresas com uma gestão apenas razoável, mas crescendo a altas taxas devido ao “puxão” do mercado, e do outro lado exemplos de empreendedores muito talentosos que não conseguiram o mesmo caminho , consigo ver com mais clareza o que o artigo expõe de forma muito competente. Parafraseado Andreessen, markets that don’t exist don’t care how smart you are”.

Ele vai além e explica que as empresas bem sucedidas só chegam a tal estágio porque atingem o Product/Marketing Fit, que é a situação onde conseguem trazer para um bom mercado um produto que o satisfaça, e a história de qualquer startup de sucesso é dividida entre antes e depois desse encontro ‘mágico’ entre Produto e Mercado.

Isso deixa o empreendedor com uma tarefa clara, porém nem um pouco fácil: focar todos os esforços e fazer o possível para chegar ao Product/Market Fit o quanto antes.

Resta saber como realizar essa tarefa, que é o que tentarei trabalhar nos próximos posts.




Gostou do blog? Acompanhe no meu Twitter as atualizações e outros artigos interessantes sobre empreendedorismo e Startups. Para assinar o blog, pegue o RSS aqui.

  • http://www.manualdastartup.com.br/blog/a-raiz-da-alta-taxa-de-fracassos-das-startups-o-modelo-tradicional-de-desenvolvimento/ Manual da Startup » Blog Archive » A raiz da alta taxa de fracassos das Startups: o modelo tradicional de desenvolvimento – Conceitos e práticas sobre Lean Startups e empreendedorismo em geral

    [...] último post, discorri sobre a tese do Marc Andressen de que a vida de qualquer Startup de sucesso se divide [...]

  • http://leokuba.com.br Leo Kuba

    Eric,

    Parabéns pela iniciativa, que vem em boa hora!
    Sabemos que o ecossistema de startups está se formando e, a sua experiência prática e teórica, pode ajudar muito os empreendedores, não só em startups mas até os que atuam em negócios consolidados.
    Tenho certeza que o blog será um sucesso. Aliás, é uma honra ser o primeiro comment :-)

    Abç,

    Leo Kuba
    Inkuba Interactive

  • Marcelo Vaz

    “In a great market — a market with lots of potential customers and/or a highly growing set of potential customers — the market pulls product out of the startup. The market needs to be fulfilled and the market will be fulfilled, by the first viable product that comes along. The product doesn’t need to be great; it just has to basically work. The market doesn’t care how good the team is, as long as the team can produce that viable product. In short, customers are knocking down your door to get the product; the main goal is to actually answer the phone and respond to all the emails from people who want to buy. This is the story of search keyword advertising, and Internet auctions, and TCP/IP routers.”

    Devo admitir que esse trecho realmente chamou minha atenção nessa teoria “Product/Marketing Fit”.

    Não faltam exemplos para comprovar sua veracidade… O mais recente provavelmente é o próprio Twitter. Inicialmente um produto não muito interessante, se transformou numa revolução por iniciativa do mercado, que impôs melhorias e deu uso ao produto.

    Estou ansioso para ler mais a respeito… Acompanharei o blog com atenção.

    Parabéns pela iniciativa.

  • http://twitter.com/ericnsantos Eric Santos

    Valeu Leo! Sua contribuição também será fundamental para que esse ecossistema cresça rápido e vigoroso. ;)

    Obrigado também Marcelo! Esse post do Marc Andreessen é uma boa dose de realidade mesmo. O cara é excelente. Pena que parou de escrever…

    Abs!

  • http://www.manualdastartup.com.br/blog/customer-development-o-processo-para-se-chegar-ao-productmarket-fit/ Manual da Startup » Blog Archive » Customer Development: o processo para se chegar ao Product/Market Fit – Conceitos e práticas sobre Lean Startups e empreendedorismo em geral

    [...] nascente. Pior, as técnicas de gestão tradicionais são pouco úteis para ajudar a superar o principal desafio das Startups: encontrar mercado para o produto [...]

  • http://www.manualdastartup.com.br/blog/o-que-e-a-lean-startup/ Manual da Startup » Blog Archive » O que é a Lean Startup – Conceitos e práticas sobre Lean Startups e empreendedorismo em geral

    [...] – para o entendimento do que se propõe o movimento das Lean Startups. Argumentei que o principal desafio das Startups é encontrar mercado para o seu produto visionário, que o modelo tradicional de desenvolvimento [...]

  • http://www.manualdastartup.com.br/blog/o-mvp-a-ferramenta-de-experimentacao-e-aprendizado-da-startup/ Manual da Startup » Blog Archive » O MVP: a ferramenta de experimentação e aprendizado da Startup – Conceitos e práticas sobre Lean Startups e empreendedorismo em geral

    [...] Por exemplo, o MVP pode tomar forma de uma campanha de anúncios no Google Adwords combinada com a criação de diferentes landing pages para testar a reação dos consumidores sobre diferentes tipos de chamadas para o benefício principal do produto. Ou então, split tests para estudar qual a melhor opção de pacotes de preços/funcionalidades do produto.  Ou então, uma apresentação em ppt para guiar uma série de entrevistas com potenciais clientes. Ou então, uma chamada fake para uma nova funcionalidade  no software só para testar a receptividade dos usuários atuais. E por aí vai… Resumindo, o MVP toma qualquer forma que seja necessária para garantir um aprendizado relevante que ajude a Startup a caminhar em direção ao Product/Market Fit. [...]

  • http://www.manualdastartup.com.br/blog/apresentacao-sobre-lean-startup-na-campus-party-brasil/ Apresentação sobre Lean Startup na Campus Party Brasil » Manual da Startup

    [...] cobriu os conceitos básicos e algumas ideias práticas de como agir antes e depois do Product/Market Fit, além de uma rápida sessão de Q&A. Compartilhos os slides abaixo: Lean Startup na Campus [...]

  • http://www.cleitonfelipe.com.br Cleiton Felipe

    Excelente blog vou passar por aqui sempre qro saber mais sobre o assunto….até mais e parabéns,,,,

  • http://topsy.com/www.manualdastartup.com.br/blog/o-principal-desafio-das-startups/?utm_source=pingback&utm_campaign=L2 Tweets that mention O principal desafio das Startups | Manual da Startup — Topsy.com

    [...] This post was mentioned on Twitter by Cristina Viveiros, Nei Grando. Nei Grando said: O principal desafio das Startups http://tinyurl.com/6jev53m #startups #empreendedorismo #smallbusiness [...]

  • http://www.manualdastartup.com.br/blog/por-que-ter-um-bom-blog-na-sua-startup-e-logo/ Por que ter um bom blog na sua Startup (e logo!) | Manual da Startup

    [...] de planos de negócio, mas isso já é outra história…) que esquecem de tentar mitigar o principal risco das Startups: não encontrar mercado para suas [...]

  • http://mapa.convago.com.br/ Alex Santos

    Criar ou atender uma demanda? Qual seria menos arriscado? Parabéns pelo blog!

blog comments powered by Disqus
Get Adobe Flash playerPlugin by wpburn.com wordpress themes